Por que investir em um sistema de monitoramento de correias?

Correias transportadoras 20/04/2021

Por que investir em um sistema de monitoramento de correias?

O sistema de monitoramento de correias existe para que os dados do transportador de correia sejam digitalizados e, posteriormente, analisados estatisticamente.

Portanto, o sistema de monitoramento de correias é um conjunto de recursos tecnológicos e computacionais responsáveis por coletar e compilar os dados, transformando-os em informações auxiliares para a tomada de decisão gerencial.

Quer saber mais sobre os motivos para investir em um sistema de monitoramento de correias? Então confira o conteúdo sobre o tema!

Quais são os benefícios de um sistema de monitoramento de correias?

Quais são os benefícios de um sistema de monitoramento de correias?

O monitoramento de correias por meio do sistema pode ser contínuo ou com intervalos definidos pelo usuário. Cada sistema de monitoramento terá sua particularidade, porém todos seguem o mesmo conceito. De forma simplificada, podemos considerar:

  • Componente de medição e aquisição de dados;
  • Componente para conversão analógica;
  • Componente para processamento de dados;
  • Componente para armazenamento;
  • Componente para comunicação.

De modo geral, o sistema de monitoramento de correias criará uma representação digital a partir de uma grandeza analógica, normalmente um sinal representado por um nível de tensão ou intensidade de corrente elétrica. Acompanhe o esquema a seguir para que possa entender melhor sobre o assunto.

Os dados são tratados e representados

Os dados são tratados e representados em Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados, ou, abreviadamente, SCADA – sigla derivada do inglês Supervisory Control and Data Acquisition -, também conhecido como software supervisório.

Desta forma, os dados compilados servem como base para criação de relatórios e de alarmes.

São diferentes os tipos de sistemas de monitoramento de correias oferecidos pela REMA TIP TOP, confira a seguir mais detalhes sobre cada um deles:

  • Rema Mcube BTM – Belt Thickness Monitor – Sistema para monitoramento de espessura. Suporte à manutenção preventiva e corretiva através de uma nuvem de pontos do perfil de desgaste da correia;
  • Rema Mcube SCS – Steel Cord Scan – Sistema para escaneamento de cabo de aço. Identifica a qualidade estrutural do cabo de aço em correias transportadoras;
  • Rema Mcube BRD – Belt Rip Detector – Sistema para detecção de rasgos. Registra todos os circuitos de proteção inseridos na correia transportadora. Monitora a presença dos sensores em áreas conhecidas com o objetivo de emitir alertas em caso de rasgos longitudinais;
  • Rema Mcube rBVS – Radar based Volume Scanner – Sensor do tipo radar para medição de volume transportado.

A maioria dos sistemas de monitoramento de correias são produzidos na Alemanha ou no Canadá e suas principais vantagens, são:

  • Substituição dos processos manuais;
  • Padronização do processo de coleta e análise;
  • Redução da exposição dos funcionários ao risco de vida;
  • Otimização do tempo de amostragem;
  • Antecipação de eventos e anomalias que reduzem a performance do transportador;
  • Orientação do planejamento de manutenção dos componentes do transportador;
  • Registro histórico através de banco de dados permitindo análises relacionais;
  • O acesso remoto permite que os especialistas realizem análises online;

Para que um sistema de monitoramento de correias seja bem dimensionado e atenda às necessidades do cliente é fundamental que sejam realizadas reuniões para alinhamento das expectativas de performance do equipamento.

É muito importante que os principais envolvidos entendam as funcionalidades e modos de operação de cada equipamento para que a utilização do mesmo possa ser otimizada.

Os transportadores de correia são constituídos por uma série de componentes que devem ser bem ajustados de modo específico para cada transportador, o que o torna um equipamento único. Desta forma, para um mesmo produto, cada comissionamento será diferente.

Otimizar a disponibilidade do transportador é de suma importância. Pois há um alto custo estimado por hora parada. Apresentamos abaixo uma estimativa de um transportador de alta capacidade nominal de carga:

  • Capacidade nominal = 17000 ton/h;
  • Custo do minério = 166 USD/ton;
  • Custo de 1 hora parado em Dólar = 2,82 Milhões USD;
  • Custo de 1 hora parado em Real = 15,80 Milhões R$.

Por isso, as empresas têm buscado formas diversas para gerenciar as correias, focando principalmente na minimização dos gastos.

De todos os componentes de um transportador de correias, a correia é o mais importante. Ela representa uma porção significativa do custo de um transportador e sua operação bem-sucedida pode ser fator chave para a produtividade geral de uma planta industrial na qual se encontra o sistema de monitoramento.

Gostou de saber mais sobre os motivos para investir em um sistema de monitoramento de correias? Então descubra agora qual a importância da manutenção industrial!

Colaboraram com esse texto:
André Tovar – Automation Business Manager LATAM

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *